Olá OABeiros! Sabemos que a segunda fase do Exame de Ordem é bastante temida, isto porque, exige um conhecimento que muitas vezes não é adquirido de forma eficaz durante a graduação. Pensando nisto, trouxemos algumas dicas para você iniciar a sua peça, dando um ponto final a qualquer medo e insegurança sobre a prova. 

Venha conferir!

✅ Leia atentamente o enunciado

Além de voltar toda a sua atenção à construção do enunciado, é importante sublinhar pontos-chaves, e anotar todas as fundamentações e artigos que você for identificando ao longo da leitura, assim, estes tópicos facilitarão a construção do pensamento, e consequentemente da sua peça.

Lembre-se, você terá 5 (cinco) horas para realizar a prova prático-profissional e responder 04 (quatro) questões discursivas. Sendo assim, é imprescindível que saiba gerir seu tempo. Por isso, acreditamos que este método será eficaz para que seu desempenho seja satisfatório.

Observe o enunciado retirado do XXI Exame de Ordem Unificado, da disciplina de Direito Civil:

Deste enunciado, podemos anotar ou sublinhar os seguintes pontos-chaves, por exemplo:

  • Júlia teve danos materiais estimados em quarenta mil reais, equivalentes ao conserto do automóvel;
  • Marcos teve parte de seu carro destruído, gastando R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para o conserto;
  • Ação condenatória nº 11111111111 e distribuída para a 8ª Vara Cível da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro;
  • Realização de contato extrajudicial sem obtenção de êxito;
  • Ambos concorreram para o acidente, Júlia por estar embriagada e Marcos porque estava 5% acima do limite de velocidade permitida;
  • Ambos não têm interesse na realização de conciliação;
  • Requisitos e fundamentos (para defender os interesses de Marcos);
  • Considerar que o aviso de recebimento da carta de citação de Marcos foi juntado aos autos no dia 04/02/2019 (segunda-feira), e que não há feriados no mês de fevereiro.

A partir destes principais pontos, podemos começar a raciocinar qual seria a peça processual cabível. Observe que a FGV apresenta algumas informações na intenção de findar qualquer controvérsia sobre o cabimento da peça. No caso narrado instituto cabível seria a “Contestação”, a banca deixa claro através de “dicas” que o examinando deverá apresentar a contestação dirigida ao processo nº 11111111111, para a 8ª Vara Cível da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro. Por isso, fique atento às “dicas” oferecidas pela FGV.

Nesta explicação, não vamos levar em consideração as particularidades do Direito Civil, pois nossa intenção é mostrar-lhe o passo a passo a ser realizado em toda e qualquer peça de segunda fase, independentemente da disciplina.

Preste atenção no gabarito comentado disponibilizado pela FGV e perceba como os pontos acima anotados/sublinhados foram essenciais para a construção da peça e essenciais para que o candidato pontuasse adequadamente:

Viu? Não é difícil iniciar uma peça prático-profissional após utilizar esse passo a passo. É evidente que o aluno, além de ler e interpretar muito bem o enunciado, precisa ter estudado a disciplina, a estrutura de suas peças, além de dominar o uso do Vade Mecum. Neste sentido, aí vão mais algumas dicas para a sua prova:

Trace um plano de estudos

Desde o início da preparação, é importante ter um plano de estudos. Durante a preparação para a primeira fase, é possível agregar os estudos para a segunda fase por meio da produção de resumos com pequenos textos, explicando com suas palavras o conteúdo estudado ou resolvendo as questões objetivas, especialmente as que contiverem casos práticos, produzindo textos discursivos explicando a temática.

Isso o auxiliará a fixar o conteúdo e argumentação e, além disso, a praticar sua escrita fundamentada.

Atenção às regras gramaticais

Mesmo que o conhecimento de ortografia, semântica e sintaxe não seja o foco principal da correção da prova, esses aspectos sempre serão relevantes. Pode ocorrer de o examinador desconsiderar pontos dos candidatos que apresentam respostas com erros gramaticais.

Caligrafia e organização do texto

Não adianta escrever um texto de excelente conteúdo se sua letra é ilegível. Analise se você escreve com uma fonte muito grande ou pequena, muito ou pouco espaçada/inclinada. Peça para alguém ler seus textos e corrija o que for necessário. Na dúvida, opte por letra de forma, diferenciando maiúsculas de minúsculas.

Realize simulados

Faça treinos simulados de redação, peças e questões discursivas, considerando a mesma quantidade de tempo e a permissão/vedação à consulta de legislação. Treine para que no dia da prova você tenha segurança para escrever diretamente na folha de resposta, pois transcrever o texto do rascunho tomará bastante tempo, e você correrá o risco de não finalizar a tempo.

Mantenha a rotina de estudos

Depois que a prova da primeira fase passar, não pare de estudar. Despender muito tempo sem estudar e revisar temáticas pode fazer com que o conteúdo aprendido seja esquecido e o ritmo de estudos perdido.

O conjunto destas ações será revertido numa prova tranquila, consciente e bem formulada!

Vamos juntos!

Leia também:

  1.  6 dicas para elaborar a melhor peça prática na 2º fase da OAB. 
  2.  Como escrever bem na segunda fase da OAB.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Você está por dentro dos últimos debates sobre Direito Civil?

O Direito está em constante mudança e seus impactos nas esferas jurídicas e sociais ...

Professor Guilherme Peña participa de reportagem do Fantástico

Diante do conturbado cenário político, parlamentares da oposição e da situação baseiam seus argumentos ...

2ª FASE OAB: COMO ESCOLHER A DISCIPLINA?

É fato que a OAB está sempre na mente dos estudantes de Direito, que ...

Programação da semana do Projeto 10+

Chegamos a última semana de preparação para a 1ª fase do XX Exame de ...