Reprovação na OAB: Veja 04 motivos que podem te atrapalhar na sua aprovação!

Olá, OABeiros!!!

Sabemos que a prova da OAB se aproxima e é muito comum que a ansiedade e o nervosismo tomem de conta! A reta final é uma parte determinante para a aprovação ou reprovação no Exame da Ordem. Assim, pensando em vocês, separamos algumas dicas do que não fazer durante sua trajetória de estudos para OAB. Com isso, você conseguirá se organizar sem erros e ter a sua tão almejada vermelhinha!

Vamos juntos?

4 MOTIVOS QUE PODEM CONTRIBUIR PARA A SUA REPROVAÇÃO

🔶 NERVOSISMO 

A ansiedade e o excesso de preocupação fazem parte da natureza humana. Atualmente, a vida se demonstra rápida, instável e cada vez mais instantânea. Logo, o imediatismo é automático em nossas cabeças. Nesse sentido, o medo da reprovação é tão grande que traz espaço tanto para o nervosismo, quanto para a ansiedade.

No entanto, mesmo quando não parece haver saída, é possível amenizar todo esse estresse. O treinamento e a realização de provas anteriores é um caminho disso. Não obstante, o melhor exemplo de controle a ansiedade é através de mecanismos de cuidado. Podemos citar alguns deles:

-Terapia;
-Vida social;
-Atividades físicas.

A combinação de uma preparação prévia + atividades que te distraiam um pouco da pressão trazida com a proximidade da prova, podem te ajudar a tornar o processo mais equilibrado.

🔶 AUSÊNCIA DE UM CRONOGRAMA

A ausência de um cronograma também pode te prejudicar. Vale ressaltar que: o cronograma nada mais é do que a definição da sua rotina de preparação, indo desde a organização e definição do seu local de estudo, até a escolha de prioridades e tempo que será disponibilizado para cada item de estudo.

Dessa forma, ocorre uma organização prévia para que você alcance a meta estabelecida e tenha mais eficácia nos seus estudos. Não planejar estrategicamente seu estudo é um dos motivos que podem te atrapalhar.

🔶 NÃO REVISAR CORRETAMENTE 

OABeiro, revisar é treinar sua memória a retomar algo que já está nela! É fazer o seu cérebro relembrar o conteúdo sem a ajuda de vídeo-aulas, nem de anotações grandes, nem de livros.

Logo, o conteúdo precisa ser relembrado para ajudar na fixação do assunto. Caso você revise de maneira errônea, você não irá otimizar seu tempo. Uma sugestão é começar revisando por questões comentadas, lei seca e anotações pequenas. 

🔶 FALTA DE ANÁLISE DE PROVA

A resolução de provas antigas por parte do OABeiro é fundamental para consolidar a aprendizagem. Caso você resolva questões bem antigas, aplicadas pela própria faculdade, pode ser considerado um erro.

O treino deve ser realizado com base de provas anteriores do mesmo exame e mesma instituição. Assim, é interessante que o OABeiro resolva uma quantidade de questões aplicada pela própria FGV  em exames anteriores para ocorrer maior fixação do conteúdo analisado.

Você pode ter acesso à essas provas no site da instituição.

E aí, OABeiro curtiu essas dicas? Esperamos que sejam um diferencial para conseguir a sua tão sonhada vermelhinha!

Se você gostou desta notícia, confira mais clicando aqui.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Justiça Federal determina anulação de questão do XXXII Exame de Ordem

Atenção, OABeiros! A Juíza Federal, Manoela de Araújo Rocha, da 12ª Vara Federal Cível ...

OAB faz duras críticas ao Foro Privilegiado

“Um deboche com a sociedade”. foi assim que o presidente do Conselho Federal da ...

Você tem dúvidas sobre o universo jurídico?

Você sabe se índio comete crime? Sabe se portar spray de pimenta é crime? ...

Maioria do STF entende que Defensores não precisam de inscrição na OAB

Olá, oabeiros! Ficaram sabendo? No dia 13 de outubro, após os votos dos Ministros do ...

Direto da Pochete: dicas gratuitas para prova OAB

Você tem menos de dois meses até a realização da 1ª Fase do XXIX ...