A polêmica do Exame de Ordem online da Inglaterra

A polêmica do Exame de Ordem online da Inglaterra

Similarmente ao Exame de Ordem brasileiro, o Reino Unido também conta com uma prova para a habilitação dos advogados. Acontece que o órgão responsável pela aplicação resolveu fazer o seu Exame de Ordem online e isso gerou muita repercussão e polêmica em todo o mundo.

Isso porque uma das regras da prova é de que o candidato não pode tirar os olhos da tela do computador por quase três horas. Se o fizesse, seria eliminado.

O site britânico Above the Law publicou o seguinte:

O exame […] foi aplicado pela Pearson VUE para o Bar Standards Board, com supervisores remotos. Para “proteger a integridade do teste” e ter certeza de que nenhuma trapaça estaria acontecendo, os alunos que fizeram o teste online não tinham permissão para sair da sala ou quebrar o contato visual com suas telas.

Diferença de rigor na prova online

A polêmica aumentou ainda mais porque os alunos que optaram por fazer o exame presencialmente tinham permissão para ir ao banheiro. No entanto, os candidatos que fizeram a versão online, não conseguiram permissão, mesmo após implorar aos fiscais.

Sendo assim, alguns candidatos postaram no Twitter que tiveram que urinar em garrafas ou baldes enquanto mantinham contato visual com a tela do computador.

Exame de Ordem online no Brasil

A experiência do Reino Unido certamente não é um exemplo a ser seguido, visto que os candidatos tiveram que escolher entre irem à prova presencial e arriscarem a sua saúde ou ficarem em casa e perderem sua privacidade.

Portanto, se o Brasil um dia resolver aplicar essa modalidade de prova, deve buscar uma experiência mais confortável aos candidatos. Vale lembrar que o próprio presidente da OAB já destacou que isso é uma impossibilidade no momento.

Você pode se interessar também por:

Estagiário de Direito é condenado por desviar dinheiro de escritório
Autodeclaração de raça é um requisito para inscrição na OAB!
Advogado dá carteirada como delegado e está sendo investigado!
Projeto de lei prevê anulação de ato quando prerrogativa do advogado for violada
Falha de segurança vaza dados de todos os advogados brasileiros!

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Senado aprova projeto que mantem prerrogativas do advogado

Magistrados e integrantes do Ministério Público que violarem “direito ou prerrogativa” de um advogado ...

CERS no Prêmio Época Reclame Aqui

O clima é de comemoração entre concurseiros e colaboradores com o CERS no Prêmio ...

OAB-PE aciona MPF contra mensagens de ódio ao povo nordestino

Após o resultado das eleições gerais do último domingo, várias mensagens de cunho preconceituoso ...

STF decide que é inconstitucional suspender advogado por não pagamento de anuidade

STF decide: é inconstitucional suspensão de advogados por inadimplência de anuidades

Na última sexta-feira, 24/04, o STF julgou como inconstitucional a suspensão por inadimplência de ...