Advogada é presa por furto ao sair de mercado sem pagar

advogada é presa por furto em Campo Grande

Em Campo Grande, uma advogada de 37 anos foi presa em flagrante, na última quinta-feira, 21 de maio, pelo furto de R$ 817,33 em produtos de um mercado.

Como se trata de um crime de menor potencial lesivo e com pena inferior a quatro anos, a fiança foi fixada em R$ 1.045,00. O valor já foi pago e a mulher foi liberada.

O boletim de ocorrência

Consta no boletim que um funcionário do mercado observou com suspeita que a mulher colocava os produtos no carrinho muito rápido e depois os cobria com panfletos do local.

Em seguida, o funcionário a acompanhou até o caixa, onde reparou que diversos itens não foram registrados. Ele então a seguiu até o carro onde conferiu as compras com a nota fiscal. Dentre os produtos furtados estavam três peças de picanha e um colchão inflável, de acordo com o delegado responsável.

A advogada ainda se ofereceu para pagar pelos itens, mas devido ao alto valor, optou-se por registrar a ocorrência.

Você pode se interessar também por:

MPF se manifesta contra a exigência de inscrição de defensores públicos na OAB
Justiça do Amapá reconhece advocacia como atividade essencial durante a pandemia
Prazos processuais suspensos em Estados que decretarem lockdown

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Estudante ganha na justiça direito de ser advogada

Em decisão judicial, a 8ª Vara da Justiça Federal, no Distrito Federal, garantiu a ...

Advogados em tempos da Operação Lava Jato

A famosa Operação Lava Jato marca uma fase de destaque internacional do judiciário brasileiro. ...

Alteração no Regulamento Geral da OAB

Atenção mulheres advogadas. A partir de 2021, as “doutoras” terão direito a ocupar pelo ...