Advogada do MS é vítima de racismo mesmo após a morte

Advogada de MS é vítima de racismo mesmo após a morte

Alanys Matheusa, trans e advogada, que morreu no dia 14 de abril, foi vítima de ataques transfóbicos. O crime foi denunciado para a polícia que já registrou o Boletim de Ocorrência e irá iniciar as investigações.

O delegado Bruno Urban, da 7ª delegacia de Polícia Civil de Campo Grande afirma que o caso será enquadrado como racismo, explica ele que:

Como existiu demora em aprovar uma lei que criminalize a transfobia, o Supremo decidiu enquadrar ao crime de racismo

Alanys morreu no dia 14 do mês passado, em Campo Grande, após sofrer uma parada cardiorrespiratória. Ela havia sido a primeira mulher trans negra a se tornar advogada no Mato Grosso do Sul e por isso sua morte gerou bastante repercussão nas redes sociais.

As diversas manifestações transfóbicas chegaram ao conhecimento do MP, que denunciou-as para a Polícia Civil.

Os suspeitos

Ainda de acordo com o delegado, dois perfis estão sendo investigados:

São dois perfis que fizeram manifestações preconceituosas contra ela. Essas pessoas serão devidamente identificadas, intimadas e indiciadas

A vítima

A jovem repercutiu bastante no ano passado, após ser destaque na revista Intercept Brasil como a primeira mulher trans negra a se tornar advogada em seu estado.

Você pode se interessar também por:

Conselho de Ética da Presidência proíbe Moro de advogar
Habeas Corpus é impetrado, pela OAB, em defesa das prerrogativas dos advogados!
Anuidade de conselho profissional só será cancelada a pedido, decide tribunal!
OAB divulga nota de repúdio às declarações de Bolsonaro sobre o Exame de Ordem
Advogada é presa por furto ao sair de mercado sem pagar

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

OAB se posiciona em relação a “cura gay”

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, incluiu a discussão na pauta da sessão ...

Sérgio Moro aceita ser Ministro da Justiça

O juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, aceitou na manhã desta sexta-feira ...

OAB discute entrada de novas disciplinas no curso de Direito

A Comissão Nacional de Educação Jurídica da OAB, presidida pelo advogado Marisvaldo Cortez, se ...

Juristas querem atualizar lei antidrogas no Brasil

Uma comissão de Juristas, designada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ...

Advogados pedem afastamento do Presidente da CFOAB

Atenção, oabeiros! Foi impetrado hoje mais cedo um Mandado de Segurança contra o presidente ...