Advogados enfrentam fase difícil sem clientes e sem dinheiro durante a pandemia

Advogados enfrentam fase difícil sem clientes e sem dinheiro durante a pandemia

Através de uma pesquisa realizada pela Associação dos Advogados de São Paulo (AASP) em conjunto com a Fundação Arcadas, da Faculdade de Direito da USP, foram descobertas as principais angústias que os advogados brasileiros tiveram que enfrentar durante a pandemia.

A pesquisa mostrou que a baixa quantidade de novos trabalhos e as dificuldades financeiras são os pontos que mais preocupam os profissionais do Direito.

Os obstáculos dos advogados na pandemia

Ao serem questionados sobre os obstáculos do dia a dia na pandemia, 60% respondeu que foi a falta de casos. Em segundo lugar ficou a prospecção de novos clientes, com 55%.

Quanto ao sistema dos tribunais, 51% dos entrevistados tiveram problemas com o peticionamento de processos físicos. No entanto, apenas 6% relataram queixas sobre o sistema eletrônico.

Os desafios que tiveram que ser enfrentados

Quando questionados sobre os maiores desafios gerais, os problemas financeiros foram os que se destacaram, com 61% das respostas.

Nesse ponto também foram destaques a inadimplência dos clientes (53%) e o atendimento a eles (42%).

Os empecilhos no acesso ao Judiciário

O último ponto da pesquisa que merece destaque diz respeito à dificuldade que os advogados enfrentaram para terem acesso ao Poder Judiciário. De acordo com 60% dos entrevistados, a suspensão dos prazos processuais foi o maior obstáculo. 49% citaram a falta de uniformização dos atos pelos tribunais e 45% mencionaram as dificuldades para falar diretamente com os magistrados.

A pesquisa da AASP e da Fundação Arcadas foi realizada entre os meses de junho e julho, por e-mail, com mais de dois mil profissionais do Direito. A maioria era do sexo masculino (60% homens e 40% mulheres) e a faixa etária mais frequente foi a de 41 a 59 anos (51%).

Fonte: Conjur

Você pode se interessar também por:

OAB diz que pode cassar carteira de advogado acusado de violência doméstica
Sérgio Moro consegue inscrição na OAB/PR
Justiça abre ação contra diretores da FGV
Projeto propõe que serviços de advocacia sejam fiscalizados pelo Coaf
OAB/DF denuncia administradoras de condomínios por advocacia irregular

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Exame de Ordem 2019: Faculdades que mais aprovaram!

Atenção, oabeiros! A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou a edição 2019 da OAB em ...

Santa Cruz rompe silêncio e defende o Exame de Ordem

Após um período em silêncio, o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz voltou ...

Regras de ficha limpa são ampliadas para comissionados

Mais um decreto da gestão de Jair Bolsonaro a frente da presidência da República. ...