Como estudar para a 1ª fase da OAB?

Estudar é um processo complexo que envolve tempo, disposição, disciplina e investimento. A soma desses fatores influencia diretamente no desempenho do aluno e dependem de sua organização pessoal.

A prova da OAB, como processo seletivo, tem suas particularidades. E uma preparação específica ajuda a superar a prova, independente da qualidade do ensino recebido até o exame de ordem.

“Um dos conselhos que dou aos candidatos antes de começar os estudos ESPECÍFICOS para o Exame é o de resolver uma prova passada para se sentir, para ver como está o preparo e a bagagem de conhecimentos. Curiosamente, o feedback que recebo é dos piores: a maioria apresenta um desempenho pífio.”.

 

Então, como começar a estudar para a prova da OAB com pouco tempo para o Exame de Ordem?

O estudo é um processo global, exigindo uma série de etapas fundamentais de aprendizagem e fixação do conteúdo para o candidato efetivamente ficar preparado. Confira as dicas de como estudar para a primeira fase da OAB:

Dica 1

Acompanhamento de uma aula explicativa seguida da leitura da legislação correlata na medida da evolução do estudo. Aqui o candidato estabelece os vínculos entre os conceitos, teorias e a norma.

Dica 2

Elaboração pequenos resumos ao término de cada tópico do livro que está sendo estudado ou da aula que acabou de ser assistida. A elaboração de resumos, feitos DE CABEÇA, não só ajuda a delimitar o que não foi apreendido com a leitura inicial, como é uma importantíssima etapa de fixação do conteúdo.

Dica 3

Revisão do conteúdo estudado dentro de um período em específico, uma vez por semana, por exemplo. Essa medida atende à preocupação em se avançar no estudo do conteúdo sem perder a informações previamente estudadas. Ou seja, avançar nos estudos sem esquecer o que ficou para trás. Esta medida é basilar.

Dica 4

A resolução de exercícios é a última etapa desse processo e ela é muito importante. Primeiro porque ela se enquadra como um processo ao mesmo tempo de revisão do conteúdo, de desafio ao raciocínio, em razão da adaptação do conhecimento a um problema hipotético, ajudando no desembaraço mental, como também representa uma etapa de adaptação ao sistema de enunciado da banca, e tal adaptação é VITAL!

Vamos juntos?

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like