Saiba como escolher um bom Vade Mecum

Uma dica valiosa: Saiba como escolher um bom Vade Mecum. O Vade Mecum é considerado a “Bíblia” do oabeiro. Companheiro inseparável e de primordial importância no dia da realização da Prova de 2ª Fase da OAB, que será no próximo dia 01 de dezembro. Mas você deve se familiarizar a ele desde os tempos iniciais do curso e durante toda a graduação. Além de usar como amplo material de estudo para todas as etapas do Exame. A publicação é uma das mais consultadas pelos estudantes de Direito e trata-se de um compêndio das obras básicas que constantemente sã observadas pelos graduandos ou operadores do direito. Devido a sua relevância, é preciso ter muita atenção na hora de adquirir o seu. Por isso mesmo, Saiba como escolher um bom Vade Mecum.

Leia também: Quais as Peças mais cobradas na 2ª Fase OAB.

Saiba como escolher um bom Vade Mecum

Muito estudante costuma sentir dificuldades para escolher e até usar o Vade Mecum. De toda sorte, entenda que este escolha ela é de fato subjetiva. Ou seja, uma publicação que agrada a uma pessoa, pode não ser a mais indicada para você. Portanto, não se afobe. Muito graduando prefere o Vade Mecum acadêmico, mais robusto e pesado.

Alguns pontos importantes para sua escolha

Referências: Geralmente, se você comparar um Vade Mecum com o outro, de certo vai perceber notáveis diferenças no que tange suas referências. Isso ocorre pelo que costumo chamar de “teoria do gosto pessoal”. É simples. Ninguém pode ser considerado um “deus” do direito. Sendo assim, quem organiza o Vade Mecum tem seus gostos e preferências que vão influenciar na sua elaboração. Tenha certeza de que haverá mais “capricho” em temas de maior familiaridade do organizador.

Índice Remissivo: outro ponto importantíssimo e que varia bastante de uma publicação para outra. Observe muito bem o índice remissivo e tente notar se ele é satisfatório ou não para seu estudo. Tenha atenção especial nas palavras chaves e se elas são intuitivas.

Legislação Complementar: Aqui o bicho pega. Esse ponto é chave para a sua escolha. Trata-se da legislação selecionada pelo organizador. Aquelas que ele julga ser as mais relevantes. Neste momento percebe-se muitas diferenças entre os Vade Mecuns. Aqui é preciso que você leve para o lado pessoal. Isso pode ser perigosos mas lembre que o direito tem várias áreas e isso vai influenciar na sua escolha pois também está presente no Vade Mecum. Sua predileção vai ser o diferencial na escolha deste seu fiel companheiro.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Que venha a 2ª Fase OAB: Turbine a sua preparação

Agora que a FGV divulgou o resultado preliminar da prova objetiva do XXIX Exame ...

Técnicas de estudo para OAB

Ao longo da minha atuação no magistério, deparei-me com muitos desafios enfrentados pelos alunos. Algo ...

Planejando a carreira – Como escolher uma pós-graduação

No terceiro vídeo da série especial Planejando a carreira, vamos dar dicas de como escolher ...