Voz e visão são diferenciais na oratória para advogados

Se você pretende seguir a carreira de advogado após conquistar a aprovação na OAB, deve dominar as técnicas da oratória. Não só o que você diz, mas também a maneira como você passa a informação é de fundamental importância. Isso porque para que a sua mensagem seja entendida, é preciso que você a transmita de forma atrativa. Assim, todas as atenções estarão voltadas para a sua fala e seus argumentos serão entendidos.

Para começar, o conteúdo deve ser pesquisado e dominado por você antes da apresentação. Mas junto a ele, você precisa se preocupar também com a forma que será passado. Há outros pontos importantes além da estrutura de começo, meio e fim e equilíbrio dos argumentos que precisam de atenção. Você precisará, literalmente, usar os seu corpo para argumentar.

Na expressão corporal, vale chamar atenção para dois pontos que farão toda a diferença em seu discurso. A sua voz e o seu olhar poderão ser determinantes. Para que você obtenha sucesso em sua defesa, confira algumas dicas para melhorar a sua oratória:

Variação de voz e destaque de palavras

Ela influenciará diretamente na sua argumentação com um outro advogado, um juiz ou um cliente), temos a variação da voz e o destaque nas palavras corretas. Leia a seguinte frase destacando (falando mais alto) a palavra com letras maiúsculas:

— Esse projeto vai trazer um retorno de ATÉ setenta por cento.

— Esse projeto vai trazer um retorno de até SETENTA por cento.

Qual projeto parece melhor? O segundo, certo? O que significa que, em uma mesma frase, você pode destacar ou omitir algum aspecto que julgue importante ou que ache impertinente. Saber variar o tom da voz e destacar as palavras mais importantes no discurso farão com que as pessoas prestem mais atenção aos pontos de destaque do seu discurso e fiquem mais concentradas em seus argumentos. Muitos alunos meus, principalmente na Graduação (por timidez), têm dificuldade de dar destaque nas palavras por terem a voz baixa.

O ideal é destacar a palavra aumentando o volume da voz, mas existem técnicas que auxiliarão você que não consegue modular o volume. As técnicas a seguir conseguem quase o mesmo efeito. São duas as outras possibilidades: você pode colocar uma pausa antes e outra pausa depois da palavra que deseja destacar ou pode separar silabicamente a palavra que gostaria de dar destaque. Tanto em uma quanto na outra você poderá manter o tom de voz que a palavra ganhará o devido destaque. Vale treinar e colocar em prática em seu próximo discurso.

Contato visual

A ferramenta de grande destaque quando o assunto é forma certamente é o contato visual. Seja em uma audiência, em uma sustentação oral ou conversando com outros advogados, você precisa olhar para todos os presentes. É muito comum observar um advogado, em uma sustentação oral, olhando somente para o presidente da mesa. Essa atitude é ruim porque, muitas vezes, o presidente nem voto tem e você, sem querer, deixa de olhar para os outros desembargadores.

Além de ser ruim porque os desembargadores se sentem excluídos, o contato visual tem a função de auxiliar na observação da postura deles. Muitas vezes, quem está ali do outo lado julgando, demonstra por meio de sua postura facial e corporal se entendeu ou não o que você quis dizer. Se ele entender, siga, se não entender, traga outro argumento que reforce o primeiro.

Aqui trago um destaque! Uma reclamação muito comum por parte dos advogados é que os desembargadores não olham para eles quando sustentam oralmente. Sei que isso acontece e, muitas vezes, deixa o profissional chateado e irritado, mas quero trazer aqui uma reflexão: o que você faz para atrair a atenção? Você demonstra que o seu tema tem relevância? Traz um contexto inicial?

Lembre-se de que o desembargador escuta dezenas de sustentações orais toda semana e muitos advogados (muitos mesmo!) vão lá sem organizar o discurso, somente para registrar que sustentaram. Com base nisso, quero auxiliar você no início do discurso. Ele tem a função de mostrar que o discurso tem uma direção e que foi bem planejado. Dessa forma você envolve o desembargador e consegue que ele ouça seus argumentos, afinal, não adianta ter excelentes argumentos se quem julga estiver olhando o celular.

Você pode se interessar por:

A importância da oratória para advogados

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Repescagem sem pressão

Aos examinandos que irão se inscrever na repescagem OAB, vale a dica: a repescagem ...

Avança no Senado Projeto que amplia repescagem OAB

Está em tramitação no Senado Federal um Projeto de Lei que tem por objetivo ...

Atenção com as questões discursivas da Prova OAB

Muitos examinandos têm dificuldades e se perguntam como responder as questões discursivas da Prova ...

Resultado do XXIX exame da OAB hoje: E agora?

O resultado preliminar do XXIX Exame de Ordem será publicado ainda hoje, 10 de ...

Orientações para recursos OAB: Direito do Trabalho

Se você ainda não garantiu os 40 pontos necessários para chegar à segunda fase ...

Simule o seu desempenho em Direito Penal 2ª Fase OAB XXX

Sabemos que o padrão de respostas definitivo, bem como o resultado preliminar da 2ª ...