Edital OAB XXXIII Exame: veja as 5 principais novidades para essa OAB!

Olá, Oabeiros! Tudo bem com vocês? Hoje viemos falar sobre as principais novidadeos da OAB XXXIII Exame da Ordem, que já está com suas inscrições encerradas. A 1ª Fase do exame será realizada no dia 17 de Outubro de 2021 e a 2ª fase no dia 12 de Dezembro de 2021, conforme calendário:

Novas leis no edital do exame XXXIII: 

Com a publicação deste edital, prevê-se que todas as normas que entraram em vigor até a data de 11/08/2021 estão aptas a serem exigidas no XXXIII Exame OAB:

Vocês precisam ficar atentos a todas as legislações que poderão ser cobradas a partir do próximo exame. Reunimos aqui as principais inclusões legislativas que merecem uma atenção especial. Ao todo são essas 10 leis:

Critérios de correção da 2ª fase:

Conforme disposições do edital do XXXIII Exame:

“4.2.6. Nos casos de propositura de peça inadequada para a solução do problema proposto, considerando para este fim peça que não esteja exclusivamente em conformidade com a solução técnica indicada no padrão de resposta da prova, ou de apresentação de resposta incoerente com situação proposta ou de ausência de texto, o examinando receberá nota ZERO na redação da peça profissional ou na questão.

4.2.6.1. A indicação correta da peça prática é verificada no nomen iuris da peça concomitantemente com o correto e completo fundamento legal usado para justificar tecnicamente a escolha feita.”

Conforme os itens 4.2.6 e 4.2.6.1., qualquer peça distinta da que for estritamente a peça apontada pela FGV como a correta, quando da publicação do padrão de resposta, resultará em nota igual a ZERO, não havendo margem para interposição de recurso.

Correção das questões discursivas.

Ademais, o examinando deverá obrigatoriamente indicar a qual ‘item’ do enunciado se refere cada parte de sua resposta. Ou seja, os examinandos não poderão responder à alínea “A” com a “B”, devendo fazer duas respostas separadas, identificando a respectiva resposta de cada alínea.

“3.5.6. Na redação das respostas às questões discursivas, o examinando deverá indicar, obrigatoriamente, a qual item do enunciado se refere cada parte de sua resposta (“A)”, “B)”, “C)” etc.), sob pena de receber nota zero.

3.5.6.1. O examinando que indicar somente uma alternativa (“A)”OU “B)” OU“C)” OU etc.) na sua resposta e não assinalar a alternativa subsequente, terá corrigida somente a que estiver indicada expressamente no caderno de respostas observado o disposto no item 3.5.7.1

3.5.7.1. O examinando deverá observar atentamente a ordem de transcrição das suas respostas quando da realização da prova prático-profissional, devendo iniciá-la pela redação de sua peça profissional, seguida das respostas às quatro questões discursivas, em sua ordem crescente. Aquele que não observar tal ordem de transcrição das respostas, assim como o número máximo de páginas destinadas à redação da peça profissional e das questões discursivas, receberá nota 0 (zero), sendo vedado qualquer tipo de rasura e/ou adulteração na identificação das páginas, sob pena de eliminação sumária do examinando do Exame”

Aqueles que conseguiram isenção e faltaram na prova, terão que justificar a ausência para conseguir novamente.

Quem receber isenção da taxa de inscrição em uma edição e se ausentar da prova, terá que justificar essa ausência para receber nova isenção.

Conforme o edital:

2.6.3. O examinando que obteve a isenção da taxa de inscrição do XXXII Exame de Ordem Unificado, não compareceu à prova objetiva do XXXII Exame de Ordem Unificado e queira solicitar isenção da taxa de inscrição para o XXXIII Exame de Ordem Unificado, deverá justificar sua ausência das 17h00min do dia 12 de agosto de 2021 às 17h00min do dia 19 de agosto de 2021, observado horário oficial de Brasília/DF, o qual deverá ser encaminhado exclusivamente por meio do link disponibilizado na página do Exame.

2.6.3.1. A justificativa de ausência deverá ser realizada com a inserção de documentos, conforme Anexo VII deste edital, que comprovem o motivo da ausência. Todos os documentos deverão estar datados e assinados.

Aceitação da CNH eletrônica como comprovação de identificação.

O examinando precisa portar documento de identificação oficial com foto. Agora também é aceita a Carteira de Habilitação em meio eletrônico (CNH-e).

Conforme disposições do edital:

3.6.9. Não serão aceitos como documentos de identidade: certidões de nascimento, CPF, títulos eleitorais, carteiras de motorista (modelo sem foto), carteiras de estudante, carteira de identidade infantil, carteiras funcionais sem valor de identidade nem documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados.

3.6.9.1. Não será aceita cópia do documento de identidade, ainda que autenticada, nem protocolo do documento.

3.6.9.2. Examinando que esteja portando documento com prazo de validade expirado poderá realizar a prova, sendo, contudo, submetido à identificação especial.

Fim do Princípio da Isonomia na  2.ª fase

Conforme o edital.

5.10.1. Eventual correção, em favor de qualquer candidato, em desacordo com o gabarito oficial da prova prático-profissional – cuja pontuação atribuída poderá ser revista até a homologação final do resultado do exame – não implicará em nenhum benefício ou direito aos demais examinandos.

Caso algum candidato tivesse sua prova corrigida erroneamente e nela tenha sido aceita peça adversa à dada como correta no padrão de resposta divulgado pela FGV, todos os candidatos que fizeram poderiam se valer deste mesmo erro de correção.

Esse novo item acaba justamente com isso. Quem tiver sua prova corrigida erroneamente a seu favor, não deverá fazer alarde sobre o fato, do contrário, a banca poderá rever a correção de sua prova e reprová-lo.

  • Após a homologação do resultado, a OAB não pode mais rever esse erro de correção.

Para mais informações:

https://portalexamedeordem.com.br/xxxiii-exame-de-ordem/

Edital OAB XXXIII.

Curso Gratuito Jornada da Aprovação

Jornada da Aprovação OAB

Não perca essa oportunidade e conheça nosso curso gratuito para o XXXIII Exame de Ordem. Serão diversas aulas, dicas e materiais que serão disponibilizados aos alunos.

Cursos CERS para a OAB

Aproveite também para conhecer nossos Cursos para OAB! Como bem foi difundido, a 1ª fase do XXXII Exame de Ordem possuiu um nível de dificuldade acima do previsto, chegando a taxas de reprovação de cerca de 75%. Tendo isso em vista, é importante ter uma preparação de qualidade, com profissionais que trabalharão a sua aprovação do início ao fim, e é isso que você encontra no CERS! Clique no link abaixo e veja as diversas opções de curso que temos para o XXXIII Exame de Ordem!

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

FGV estuda desenvolver Exame de Ordem Digital!

Atenção, oabeiros! Durante um webinar promovido pelo site Jota sobre o exame de ordem, ...

Isoladas com 40% de desconto até hoje!

Quer dar uma intensificar a sua preparação para concursos públicos? Aproveite o último dia ...

Preparação 1ª fase OAB XVIII: Dicas de ECA

Reta final para a 1ª fase do XVIII Exame de Ordem combina com dicas ...

O diferencial da oratória

Não é novidade que saber se comunicar é requisito essencial para os profissionais de ...

Dicas finais: Pressentimento em dobro OAB

Sabe aquele pressentimento de que algo bom vai acontecer? No CERS, está acontecendo exatamente ...