Entenda a desaposentação

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), em sessão realizada ontem (26), considerou inviável o recálculo do valor da aposentadoria por meio da chamada desaposentação. Por maioria de votos, os ministros entenderam que apenas por meio de lei é possível fixar critérios para que os benefícios sejam recalculados com base em novas contribuições decorrentes da permanência ou volta do trabalhador ao mercado de trabalho.

De acordo com o professor de Direito Previdenciário do CERS Frederico Amado, prevaleceu para os sete ministros vencedores que a desaposentação demanda de previsão legal, ou seja, sem lei o INSS não pode cancelar uma aposentadoria para conceder uma aposentadoria melhor. 

 

 

 

Confira o comentário do professor  Frederico Amado sobre a decisão:

Para se aprofundar:

CURSO COMPLETO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO PARA CONCURSOS 2016 – PROF. FREDERICO AMADO (DISCIPLINA ISOLADA)

CURSOS DE PRÁTICA JURÍDICA

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

OAB Nacional tem novo presidente

Eis que chega ao fim a gestão do gaúcho Cláudio Lamáchia a frente do ...

edital XXXV

XXXIII Exame: Falta 1 Semana para o Resultado!

Olá, Oabeiros! Aposto que vocês só estão vivendo na espera pelo resultado da OAB no dia ...

O que esperar da 2ª Fase OAB – Tributário

Traremos hoje mais uma sequência de vídeos bacanas da Série “O que esperar da ...

Dicas de Processo Civil com Sabrina Dourado

A medida cautelar só pode ser deferida se houver risco de prejuízo ao processo ...