Justiça indefere mandado de segurança contra presidente da OAB

mandado de segurança

O recente Mandado de Segurança impetrado por um grupo de advogados contra o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, foi indeferido pelo juiz substituto da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal, Bruno Anderson Santos da Silva. A sentença foi proferida na última sexta-feira, 17/04.

O mandado de segurança

O mandado de segurança havia sido impetrado por um grupo de advogados pleiteando o afastamento do presidente da OAB. Os advogados alegaram que a ADPF proposta por Santa Cruz mostrava inclinação política. Também foi alegado o uso da Ordem para fins pessoais e político-partidários.

A ADPF proposta por Santa Cruz visava dar independência aos estados no que diz respeito às normas de quarentena. Em resposta à ADPF, o ministro do Supremo, Alexandre de Moraes concedeu medida cautelar a favor do pedido.

Indeferida a petição inicial e denegada a segurança

O juiz justificou a denegação da segurança pleiteada argumentando que não houve a demonstração de existência de direito líquido e certo, bem como houve a ausência de requisito legal e de ato passível de correção por via do mandado de segurança. Como destaca-se no trecho abaixo:

Trecho da decisão contra o mandado de segurança

Diz ainda, sobre a possível atuação política do presidente da OAB: “Não se desconhece que em todo ato processual praticado por um advogado há um elemento anímico, subjetivo, inerente ao agir humano. Aliás, a própria OAB, sucessora do IAB, é partícipe ativa da política nacional, tendo tido participação direta nos dois impeachments presidenciais ocorridos em nossa jovem democracia, não podendo, agora, eventual motivação política, que tanto lhe deu espaço e elevou a Ordem, ao mesmo tempo qualificar-se como ato desvinculado das suas funções institucionais.”

A sentença ainda destaca o papel indispensável dos advogados como administradores da justiça. “Nem em momentos de indesejável exceção política se tentou tolher o exercício da advocacia”.

A decisão ao processo de número 1022470-27.2020.4.01.3400 pode ser lida na íntegra aqui.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Preparação 1ª fase OAB XVIII: Dicas de Direito Ambiental

Reta final para a 1ª fase do XVIII Exame de Ordem combina com dicas ...

STF anula busca e apreensão em escritório de advogado

STF anula busca e apreensão em escritório de advogado

O ministro do Supremo, Gilmar Mendes, concedeu liminar em habeas corpus declarando nula a ...

Resultado final OAB: 1ª fase sem anulações

A Fundação Getúlio Vargas e o Coordenação Nacional do Exame de Ordem comunicaram que não cabia ...

Dicas de estudo para concurso público

Se você estuda para concursos públicos há um certo tempo, já deve saber lido ...

Você sabe os 10 assuntos mais cobrados na prova da OAB?

Você já estudou toda a teoria das disciplinas exigidas na 1ª fase da OAB, ...