OAB volta a debater autonomia universitária

A Comissão Especial de Defesa da Autonomia Universitária da OAB recebeu, na última sexta-feira, vários reitores, professores e estudantes, em Brasília, para debater a importância da autonomia universitária. O colegiado, composto por advogados, professores e representantes dos reitores das universidades federais, vem debatendo, desde o início do ano, possíveis prejuízos à autonomia universitária, um conceito que está presente na Constituição Federal de 1988. Assuntos como investimentos privados, qualidade do ensino jurídico e formação dos estudantes foram temas discutidos intensamente.

Leia também: Tire suas Dúvidas sobre anulação de questões na Prova OAB

OAB em defesa de mais autonomia universitária

O vice-presidente da OAB Nacional e presidente da Comissão de Defesa da Autonomia Universitária, Luiz Viana, afirmou que a OAB e as demais entidades que participam do colegiado realizam um grande esforço para discutir o tema. “Realizamos um debate sobre autonomia do mais alto nível, com exposição de professores e doutores, destacando as dificuldades do momento, mas também o caminho a seguir. Deste debate, haverá desdobramentos na Comissão da Autonomia, com a realização de seminários por todo o Brasil”, defendeu Luiz Viana.

Reitores em sintonia com a autonomia universitária

O presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior (Andifes), reitor João Carlos Salles, concordou que o debate representa ainda a defesa de um modelo de Universidade Pública que atenda aos anseios e necessidades da sociedade. “Precisamos defender a autonomia universitária porque ela está associada a defesa de um projeto de universidade como um espaço múltiplo, com várias finalidades e na qual sempre exista a relação entre ensino, pesquisa e extensão. A autonomia está relacionada a um projeto de universidade que não seja unilateral e que, ao mesmo tempo, se associe aos interesses do nosso povo”, afirmou João Carlos Salles.

Participação dos estudantes

O diretor de relações institucionais da União Nacional dos Estudantes (UNE), Felipe Eich, afirmou que o evento foi fundamental para organizar a ampliação do debate por todo o país. “A UNE tem buscado participar de todos os espaços na defesa da educação e da autonomia universitária. Reunimos uma série de entidades e instituições, autoridades e representantes para conseguir avançar no debate”, ressaltou.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *