Regras de ficha limpa são ampliadas para comissionados

Mais um decreto da gestão de Jair Bolsonaro a frente da presidência da República. Na última quinta-feira, o documento assinado pelo presidente determina que servidores indicados para ocupar cargos comissionados ou funções de confiança na administração pública deverão ser ficha limpa e ter formação acadêmica compatível com o posto ao qual foram apontados. Ou seja, Regras de ficha limpa são ampliadas para comissionados.

Pré-requisitos

A publicação abre espaço para que o ministro da Casa Civil ou o próprio presidente sejam responsáveis por observar que os nomes escolhidos cumpram os critérios definidos. De acordo com o decreto, quem for ocupar cargo comissionado em órgãos e entidades da administração pública deve ter reputação ilibada, idoneidade moral e perfil profissional ou formação acadêmica compatível com o posto ou função ao qual foram designados. E Também precisam ser ficha limpa.

Extensão do decreto

A medida estende a 76,1 mil servidores regras que, desde 20 de março, estavam vigorando para outros 24,3 mil ocupantes de cargos de direção e assessoramento e funções comissionadas do Executivo, que têm livre nomeação e exoneração.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

STF decide que advogados públicos podem receber honorários sucumbenciais

STF decide que advogados públicos podem receber honorários sucumbenciais

O STF, em julgamento realizado via plenário virtual, na última sexta, 19, decidiu pelo ...

E que venha a 2ª Fase OAB

Terminada a agonia da espera do resultado final da prova objetiva, é hora de ...

Pós, especialização ou MBA?

Depois de concluir a graduação, muitos profissionais planejam os próximos passos para se aperfeiçoar ...

OAB se posiciona em relação a “cura gay”

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, incluiu a discussão na pauta da sessão ...