Santa Cruz rompe silêncio e defende o Exame de Ordem

Após um período em silêncio, o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz voltou a se manifestar em público no início desta semana. Ele participou do programa Roda Viva, onde foi sabatinado por vários jornalistas. Santa Cruz respondeu as perguntas com bastante polidez e não se furtou de falar sobre o presidente Jair Bolsonaro, ao comentar: “digo que o presidente pode se retratar. E ser sincero, para mim, basta. Seres humanos erram e corrigem o seu erro”. Mas, o que também chamou a atenção, foi a forte defesa ao Exame de Ordem feita pela presidente. Segundo Santa Cruz, o fim do Exame traria sérios prejuízos à advocacia e, consequentemente a toda a sociedade.

Santa Cruz rompe silêncio e defende o Exame de Ordem

Atualmente o Brasil tem 1,7 milhão de advogados e esse número passaria dos três milhões se contássemos os bacharéis em direito que não são inscritos na OAB. “Refuto qualquer interesse financeiro da Ordem no tocante ao Exame. Se fosse por isso, teríamos três milhões de advogados pagando anuidade. O Exame portanto defende  advocacia e exige ao bacharel que ele demonstre seus conhecimentos e possa prestar o melhor serviço possível à sociedade”, ressaltou Santa Cruz.

Participação no desenvolvimento do país

O presidente da OAB também sustentou que advocacia precisa produzir debates e participar com soluções para desenvolvimento econômico do Brasil. “Precisamos ter uma advocacia qualificada e técnica para produzir ideias para o futuro. Claro que a agenda principal da OAB é a advocacia, mas essa agenda tem que passar pelo crescimento econômico e pelos temas que verdadeiramente importam, criando mercado e oportunidades para toda a população”, afirmou Felipe.

Em defesa da advocacia

“Nós sempre celebramos a bravura, a coragem e a defesa da Constituição e das leis como princípios fundamentais da advocacia. Atualmente, existe uma incompreensão do papel do advogado em nossa sociedade e uma incompreensão da defesa das prerrogativas. Temos que tratar desses assuntos, explicar a complexidade de nossa atividade contra aqueles que defendem soluções fáceis”, disse Santa Cruz.

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *