Dicas de preparação para a Prova OAB – Formas de Preparação

A gente segue com a nossa série Especial de Dicas de preparação para a Prova OAB. Hoje vamos falar sobre Formas de Preparação. Sabemos que o Exame de Ordem vai além de exigir apenas um enorme esforço cognitivo ou a aferição do seu raciocínio jurídico. A prova costuma afetar várias partes da vida de quem se prepara visando o desafio da aprovação na OAB. Para superar os mitos obstáculos que passaram por seu caminho, o professor Cristiano Sobral ressalta alguns pontos importantes como: desenvolver autoestima, fazer um inventário circunstancial e a definição de prazos e objetivos. Vamos saber um pouco mais sobre estes tópicos?

Desenvolva e Exercite Autoestima e Alegria

Isso aumentará consideravelmente seu desempenho. Se uma pessoa se respeita e estima, seu cérebro irá empenhar-se para aperfeiçoar esta noção, para obedecer a esta programação. Se a pessoa se menospreza, se diminui e não se respeita, seu cérebro irá trabalhar para que essa imagem mental seja cada vez mais verdadeira. Se a pessoa diz que vai conseguir, que vai aprender, seu cérebro irá esforçar-se para obedecer. Sem autoestima é possível aprender, mas a experiência demonstra que se aprende mais facilmente com ela. Já a alegria é a apreciação do próprio sucesso, das etapas vencidas, do acréscimo paulatino e constante de conhecimentos são excelentes instrumentos para melhorar a qualidade do estudo e diminuir a tensão e o estresse. Aprenda a alegrar-se com seus progressos mesmo que venham disfarçados de derrotas. Reprovações são apenas demonstrativos do que você ainda precisa melhorar e aplicar melhor a sua preparação para a Prova OAB.

Inventário Circunstancial

Aqueles fatores externos que atrapalham ou ajudam na preparação. Um bom planejamento de estudos deve começar com a organização do tempo e com a identificação desses pontos, externos, que influenciam no jogo, e que, muitas vezes, podem ser modificadas para melhor. Se, em algum momento, as circunstâncias lhe ameaçarem com o fracasso, saiba que, enquanto se persiste tentando, não existe fracasso definitivo e que o único fracasso real é aquele do qual não retiramos lição alguma. Você deve buscar maneiras de enfrentar ou contornar as situações que fogem do seu controle através de diálogo, de postura ou de distância. Faça uma lista reconhecendo esses fatores e busque soluções para resolvê-los ou minimizá-los. Reconhecer tais circunstâncias vai ajudá-lo a superá-las. “Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos” (Eduardo Galeano).

Definição do Prazo para Aprovação

Não defina prazos: estabeleça um objetivo e tenha a persistência necessária para alcançá-lo. Como dizia o maior vendedor do mundo: o fracasso nunca me alcançará se minha vontade de vencer for suficientemente forte. O fracasso é uma situação ou um momento, nunca uma pessoa. Você pode acumular exames em que não passou, mas bastará uma aprovação para “resolver” o problema. E, de mais a mais, um resultado negativo sequer pode ser considerado um fracasso, porque você ganha experiência para a próxima prova, vê seus pontos fortes e pode reforçar onde é mais fraco. Estas são algumas dicas de preparação para a Prova OAB

Fiquem ligados e bons estudos!

 

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Hoje: Contagem regressiva OAB XXX

No próximo dia 20 de outubro, milhares de OABeiros de todo o Brasil vão ...

Expectativa pelo Resultado Final OAB

Hoje é o dia. A FGV vai divulgar o resultado definitivo da 2ª Fase ...

1000 dicas para sua aprovação na OAB

O App OABeiro tem uma excelente novidade para você que está se preparando para ...

Francisco Penante fala sobre a Ad Verum

A Ad Verum Suporte Educacional nasce com a missão de apoiar os candidatos de ...