Superação e inspiração para vencer a prova OAB

Superação. Talvez esta seja a palavra que mais se adeque à luta diária de quem tem força e coragem para realizar sonhos. E foi justamente superando desafios e limitações, que pareciam insuperáveis, que o bacharel em direito Marion Frederico Bezerra, de 37 anos, se tornou advogado. Uma doença degenerativa deixou Marion com apenas 20% da visão, mas isso não o impediu de correr atrás dos seus sonhos. Com muita luta, persistência e acompanhando, do seu jeito, as aulas online com os professores do CERS em um tablete, Marion foi um dos aprovados no último exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Goiânia. Agora, ele se orgulha de ser advogado. E você, está disposto a superar obstáculos para realizar os seus sonhos? Leia esta história e busque inspiração em quem não se deixou abater pelas dificuldades e fez da superação o combustível para vencer desafios. Encontre a Superação e inspiração para vencer a prova OAB.

Superação e inspiração para vencer a prova OAB: Enxergando a vitória

Marion não tem a visão de um dos olhos. Entretanto, com o pouco que lhe resta do outro olho, ele conseguiu enxergar o seu nome na lista final dos aprovados no XXVIII Exame de Ordem. Não foi uma trajetória fácil. Além do problema na visão, Marion perdeu o emprego e quase não conseguia terminar a faculdade. Mais uma vez, ele fez uso do seu grande e mágico poder de superação. “A maior dificuldade foi não saber como estudar em um curso de graduação. Além da minha deficiência sensorial, tive de me adaptar a um ritmo de estudos e aulas aos quais eu não estava acostumado. Foi muito difícil, mas nunca pensei em desistir”, diz Marion.

Apoio para vencer

A história de superação de Marion é mesmo inspiradora. Enfrentando as dificuldades de adaptação ao curso de direito, ele chamou a atenção de todos dentro do ambiente acadêmico. O corpo docente foi quem buscou se adaptar as necessidade de Marion e, com a ajuda de uma monitora, por cerca de um ano e meio, ele conseguiu vencer a barreira da graduação e superou os cinco anos de faculdade com muita garra. “A ajuda da monitora foi fundamental. Sem ela, não sei se teria superado. Outra dificuldade que tive foi o deslocamento até a faculdade. Estudava de noite, quando meu problema de visão fica anda pior. Então, simplesmente pegar ônibus era um desafio para mim. Nestas horas, graças a Deus, sempre aparecia alguém para ajudar e fui vencendo as barreiras”, comemora Marion.

O desafio da OAB

Ainda no décimo período, Marion iniciou sua preparação visando o Exame de Ordem. A prova da OAB era o último degrau que separava Marion de chegar a conclusão do seu sonho: ser advogado. Com a força de um guerreiro invencível, Marion passou pela primeira fase do certame. Todavia, não estava se sentindo seguro para enfrentar a etapa seguinte: a prova subjetiva, onde o examinando precisa redigir uma peça profissional e responder a quatro questões discursivas. “Eu não tinha nenhum material para estudar para a 2ª Fase. Nem tinha dinheiro. Estava desempregado e o meu estágio foi finalizado, com o fim do curso. Mais uma vez a monitora me ajudou e me indicou alguns vídeos das professoras do CERS Ana Cristina Mendonça e Cristiane Dupret, de Direito e Processo Penal. Eu então ouvi as aulas dela e consegui me preparar para a prova”, resume ele.

Superando a segunda fase

Mesmo vencendo tantas dificuldades, Marion estava inquieto e inseguro sobre como iria conseguir redigir sua prova de 2ª Fase. Na hora da prova, ele contou com a ajuda de alguém muito especial, essencial para seu sucesso. “Eu tinha uma ledora. Ela lia o enunciado para mim, eu elaborava as questões na cabeça, falava para ela e ela transcrevia para o cartão de respostas. Se um dia eu encontrar com ela, lhe darei um abraço e vou dizer que ela foi a extensão do meu corpo”, comemora. Outra figura importante foi a namorada de Marion, a vendedora Poliana Costa Marinho, cujo poio também foi fundamental.

Superação e inspiração

A história do advogado Marion Frederico é de fato inspiradora. Lembram da pergunta que fiz no primeiro parágrafo? “E você, está disposto a superar obstáculos para realizar os seus sonhos?”. Ao responder esta questão, tenha em mente que, muitas vezes, superar significa vencer o improvável, mas nada é impossível quando estamos dispostos a realizar nossos sonhos. Se caiu, levante. Se foi derrotado, aprenda com a derrota e foque na vitória. Se você ainda não foi aprovado na OAB inspire-se, persevere e supere. Quase tudo o que você precisa está dentro de você mesmo. O resto, você atrai para seu caminho de superação, como se fosse magnetismo. Marion encontrou a Superação e inspiração para vencer a prova OAB.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *