Técnica de estudo: leitura ativa da legislação

Entender as particularidades da banca organizadora do Exame de Ordem, a Fundação Getúlio Vargas, é essencial para os OABeiros. Conhecer seu estilo de prova, forma de cobrança dos conteúdos, “pegadinhas” frequentes e todas as particularidades ajuda bastante não só na hora da prova, mas também durante sua preparação.

Como se sabe, as provas da OAB não costumam ser tão simples, havendo um certo nível de complexidade nas questões. Nas provas da 1ª fase, por exemplo, são encontrados muitos casos práticos, com a aplicação de abordagens reais e multidisciplinaridade. Há, também, muito texto de lei, priorizando-se a cobrança doutrinária da legislação.

Uma preparação de qualidade para o Exame de Ordem envolve, necessariamente, três dimensões:

– estudo teórico e doutrinário;

– leitura das normas e legislações;

– resolução massiva de questões e realização de simulados.

Todo OABeiro sabe o quanto é importante para a progressão nos estudos cobrir essas três abordagens! Entretanto, muitos esquecem um ponto importante quanto à leitura dos artigos e textos normativos: somente lê-los, de forma passiva, não é suficiente!

Isso quer dizer que não é recomendado apenas abrir a lei seca e realizar sua leitura de forma mecânica, quase que automaticamente. Por isso, é fundamental que você aprenda a realizar a leitura ativa dos textos normativos e a legislação no geral.

Para turbinar ainda mais a sua preparação confira essas super passos que você deve seguir no estudo das normas e legislações!

Como fazer a leitura ativa?

Para realizar a leitura ativa da legislação, o primeiro passo é relacioná-la aos assuntos estudados ou às questões resolvidas. Por exemplo, se você está estudando determinado conteúdo por alguma doutrina e é citado algum artigo de lei, leia-o junto à doutrina e depois anote em um caderno ou post-it todos os artigos a que o texto fez referência.

Ao fim desse estudo, você deve abrir essa lei e ir direto aos artigos relacionados aquele conteúdo específico e realizar a leitura ativa. Siga esses passos:

  1. Leia o artigo por inteiro;
  2. Leia-o novamente, dessa vez fazendo grifos e anotações complementares em um caderno ou bloco de notas – por exemplo, sobre os termos que achou relevantes, palavras-chave e outros pontos de destaque;
  3. Ao final da leitura, faça um breve resumo ou mapa mental com base nas anotações feitas, relacionando-os aos assuntos trabalhados naquele dia.
  4. O mesmo deve ser feito com os artigos citados nas questões resolvidas, em especial daquelas em que você teve maior dificuldade de responder.

Com o passar do tempo, você perceberá que seus conhecimentos ficarão cada vez mais completos, inter-relacionados e fixados. Isso é importantíssimo para a formação de uma base doutrinária e legislativa excelente para fundamentar a resolução das questões na hora da prova.

E mais! Leia também: https://portalexamedeordem.com.br/como-fazer-marcacoes-no-vade-mecum-para-2a-fase-da-oab/

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

STJ aumenta honorários advocatícios

Baseado no Novo Código de  Processo Civil, o Superior Tribunal de Justiça, STJ, majorou o ...

Aprovado o uso de máscaras em espaços públicos e privados de acesso público

Câmara aprova projeto que obriga uso de máscaras durante o Exame de Ordem

Como noticiamos na semana passada, estava em tramitação o Projeto de Lei n. 1.562/20 ...

Renato Saraiva é homenageado no Prêmio Empreendedor do Ano 2017

Nesta quinta-feira, 8 de dezembro, será realizada a cerimônia do 19º Prêmio Empreendedor do ...

Isoladas turbinadas com 40% de desconto!

Você quer aprofundar o estudo de alguma disciplina? Está com dificuldades de compreender assuntos ...

Desafiando Limites: foi dada a largada!

Praia de Enseada – Guarujá. Mar, muito sol e um calor de 30 graus ...

Aprovados OAB

Aprovados OAB: a escolha do curso certo

Decidir fazer o Exame de Ordem nos últimos períodos do curso não é uma ...