2ª FASE OAB: Como fazer a marcação no seu Vade Mecum?

Olá, OABeiros!! Uma das características da 2ª Fase do Exame da Ordem é a possibilidade de consulta da legislação durante a prova. Essa pode ser feita por meio de Códigos Organizados e o Vade Mecum, desde que não seja legislação comparada ou anotada!

Apesar disso, é permitido marcar a legislação compilada para auxiliar na identificação mais rápida de artigos e súmulas. Muitos alunos, porém, ainda têm dúvidas em relação a como fazer essa marcação da maneira correta. Dessa forma, separamos algumas dicas que podem ajudar na marcação do seu vade mecum.

Vamos Juntos!

Lembrando que o CERS te acompanha em todos os momentos, desde a escolha do seu Vade Mecum, até as dicas de como marcá-lo para sua prova. Confira abaixo as melhores dicas para sua aprovação.

🔎 Vejamos o panorama da marcação previsto no Edital

Conforme estabelece o Edital do Exame da Ordem, remissões a artigo ou lei são permitidas apenas para referenciar assuntos isolados.

Quando for verificado pelo fiscal que o examinando se utilizou de tal expediente com o intuito de burlar as regras de consulta previstas no edital, formulando palavras, textos ou quaisquer outros métodos que articulem a estrutura de uma peça jurídica, o uso do material será impedido, sem prejuízo das demais sanções cabíveis ao examinando.

Por seguinte, é perceptível que são permitidas remissões com marca-textos, lápis, caneta esferográfica comum, clipes de cores distintas para separar e marcar páginas. 

É de suma importância lembrar, no entanto, que devem ser realizadas apenas remissões, ou seja, a simples indicação do local de determinada lei, artigo, ou súmula, não é permitido acrescentar informações extras, como a estruturação de uma peça jurídica, por exemplo.

Nesse contexto, o uso de clipes de cores diferentes também é permitido para separar as páginas do Vade Mecum, tornando mais fácil, a busca por leis e súmulas específicas ou assuntos correlacionados.

📌Alerta:

Em 2016, a FGV fez uma grande mudança na lista de materiais permitidos para marcação no Vade Mecum. Aqueles pequenos separadores de código autocolantes, tão utilizados entre estudantes de Direito, passaram a ser proibidos mesmo se estiverem em branco.

Quais Remissões são Permitidas?  

  1. A simples remissão nada mais é do que indicar no código a existência de leis, artigos ou súmulas. É vedado a possibilidade de informações extras.
  2. A simples remissão não pode indicar a estruturação de uma peça jurídica. Não é permitido fazer um “guia” de determinado tipo de ação ou ações.
  3. Essa indicação pode ser feita em qualquer parte do vade, sem limites, desde que seja, evidentemente, simples. Exemplos: “Art. 724 do CC” ou “Vide Súmula 126 do TST” ou ainda “Lei 8.906/94”.
  4. Logo, não confundam a simples remissão, ou seja, a indicação de outros dispositivos legais de forma manuscrita, com a estruturação de peça. A estruturação pode ser feita com o uso de simples remissões, mas se um fiscal pegar pode dar problema.

Confira o Vídeo Especial feito Pela Equipe CERS

Resumo do que é Permitido e do que não é Permitido no seu Vade Mecum:

Após todas essas informações vamos fazer um pequeno resumo do que pode e do que não pode? Vejamos:

✅Separação com clipes

✅Separadores de códigos fabricados por editoras, desde que com IMPRESSÃO que contenha simples remissão a ramos do Direito ou a leis.

✅Utilização de marca texto, traço ou simples remissões desde que escritos diretamente na folha do código.

❌Utilização de notas adesivas (post-it) manuscritas, em branco ou impressas pelo próprio examinando.

❌Utilização de marca texto, traços, post-its ou remissões a artigos ou a lei de forma a estruturar roteiros de peças processuais e/ou anotações pessoais

Conheça os Cursos da 2ª Fase do Exame de Ordem do CERS

Estruturado com aulas teóricas, práticas, simulados com correção individualizada, simulados com correção em vídeo, o objetivo principal do curso é apresentar ao aluno a estrutura da prova da 2ª fase do Exame de Ordem, fazê-lo compreender a lógica da prova, permiti-lo identificar o sentido dos enunciados da peça prática e das questões e prepará-lo para oferecer as respostas corretas, no sentido exigido pela banca, para a obtenção da aprovação final.

 

Gostou do Nosso Conteúdo?

O portal PEO tem uma mega equipe preparada para te ajudar a conquistar a tão sonhada vermelhinha. Veja mais dicas infalíveis sobre a segunda fase

Confira também:
2ª FASE OAB: 05 principais erros que você não pode cometer!

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Lei autoriza audiência de conciliação online

Nova lei possibilita audiência de conciliação online nos JECs

A Lei 13.994 traz a possibilidade de realizar-se audiência de conciliação nos Juizados Especiais ...

Ad Verum: coach para concursos e OAB

Estudar para concursos públicos e Exame de Ordem da OAB sozinho não é nada ...

OAB define ainda nesta semana se adiará novamente 2ª fase

QUAIS SÃO OS TEMAS MAIS COBRADOS NA 1ª FASE DA OAB?

Para que você possa montar um bom planejamento de estudos, é importante compreender como ...