Anuidade da OAB por R$500? Veja mais sobre o que está em questão no STF!

Exame de Ordem pode ter outra banca organizadora! Entenda

Olá, Oabeiros! O sonho pela vermelhinha já é certo, mas você deve lembrar que esse sonho custa caro.

Isso mesmo, o objetivo da vida de muitos, depende assim como qualquer outra organização laboral do pagamento do seu cadastro enquanto profissional da área. No caso da OAB, o advogado ou advogada deve fazer um pagamento anual à instituição.

O conteúdo de hoje é sobre a anuidade da OAB e a atual discussão no STF acerca da constitucionalidade em estabelecer um teto máximo de cobrança no valor de R$500,00.

Nos próximos dias, o Supremo decidirá acerca da viabilidade de uniformização da anuidade da OAB em todo Brasil. Confira abaixo o debate que estará em juízo.

Antes, presta atenção nesse recado!

Faltam pouquíssimos dias para as provas de segunda fase da OAB, não é mesmo? Então dá uma olhada nas dicas especiais de preparação de reta final que a equipe do CERS fez especialmente para você:

A Lei 12.515/2011 e suas implicações na OAB

O assunto da uniformização da anuidade a 500 reais chegou no STF devido às definições da Lei nº 12.515/11. Conforme a letra da lei de contribuições devidas aos conselhos profissionais em geral, a anuidade paga a esses conselhos profissionais não devem ser superiores a R$500,00.

Nesse sentido, a 7ª Turma Recursal do Juizado Especial Federal reconheceu a hipótese destacada no Art. 6, inciso I da referida Lei. Vejamos o que trata o dispositivo:

Art. 6º As anuidades cobradas pelo conselho serão no valor de:

I – para profissionais de nível superior: até R$ 500,00 (quinhentos reais);

A decisão foi recorrida pela Seccional da OAB do Rio de Janeiro, tornando-se  matéria do Recurso Extraordinário com Agravo, que já teve sua repercussão geral reconhecida pelo plenário do Supremo.

A discussão da constitucionalidade da decisão envolve a caracterização especial da OAB, por ir além de um mero conselho profissional.

O que Diz a Ordem dos Advogados do Brasil?

Atualmente, cada seccional da OAB define sua tabela de anuidade. Nesse contexto, o exercício de serviços de advocacia em mais de um estado depende exclusivamente do pagamento da anuidade em cada um deles.

Em sede da discussão no plenário, a Ordem argumenta que sua existência constitucional a pressupõe enquanto agente da garantia da ordem constitucional. Dessa maneira, a ordem se apresenta enquanto estrutura necessária, além da mera representação corporativa.

Nesse sentido, para o Ministro Alexandre de Moraes, a decisão do STF deve buscar a definição da OAB.

No caso, se, mesmo com sua importância à ordem da administração da justiça, deve ser submetida às regras dos outros conselhos de fiscalização profissional.

A OAB/RJ também se pronunciou em defesa do destacado papel da ordem. O seu fundamento pressupõe, além da Constituição, no Estatuto da Advocacia Lei 8906/94 como decisivo para a demonstração das atividades ampliadas da ordem.

Polêmico ou não, a pacificação da matéria será definida nos próximos dias.

Gostou do Nosso Conteúdo?

O Portal Exame de Ordem possui o maior conteúdo digital sobre as provas da OAB. Confira as principais notícias, dicas e recomendações para a segunda fase do certame.

2º FASE OAB: DICAS INFALÍVEIS PARA ESCREVER UMA BOA PEÇA JURÍDICA

RELEMBRE QUAIS SÃO AS PEÇAS MAIS COBRADAS NA 2ª FASE DA OAB

2ª FASE OAB: APRENDA A MELHOR FORMA DE ESTUDAR DIREITO MATERIAL PARA SEGUNDA FASE!

CONHEÇAS OS CURSOS DE 2ª FASE DO CERS

Tags:

  • Show Comments

Your email address will not be published. Required fields are marked *

comment *

  • name *

  • email *

  • website *

You May Also Like

Delegados poderão aplicar medidas protetivas

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta terça-feira, 14, algumas mudanças na Lei Maria da Penha. A media ...

O ranking dos profissionais que menos dormem

Os profissionais que menos dormem

O Guia do Estudante fez um ranking dos 10 profissionais que menos dormem, segundo ...

Voz e visão são diferenciais na oratória para advogados

Se você pretende seguir a carreira de advogado após conquistar a aprovação na OAB, ...

Advogadas já são maioria nos quadros da OAB!

Advogadas já são maioria nos quadros da OAB!

Há menos de um ano, nós noticiamos aqui no portal que mulheres já eram ...